sábado, janeiro 24, 2009

HISTÓRIA, FUNDAÇÃO DA IGREJA EVANGÉLICA "ASSEMBLÉIA DE DEUS" HOJE UMA POTÊNCIA MUNDIAL

No início do século XX, apesar da presença de imigrantes alemães e suíços de origem protestante e do valoroso trabalho de missionários de igrejas evangélicas tradicionais, nosso país era quase que totalmente católico. A origem das Assembléias de Deus no Brasil está no fogo do reavivamento que varreu o mundo por volta de 1900, início do século 20, especialmente na América do Norte. Os participantes desse reavivamento ficaram cheios do Espírito Santo da mesma forma que os discípulos e os seguidores de Jesus durante a Festa Judaica do Pentecoste, no início da Igreja Primitiva (Atos 2). Assim eles foram chamados de "pentecostais". Exatamente como os crentes que estavam no Cenáculo, os precursores do reavivamento do século 20 falaram em línguas quando receberam o batismo no Espírito Santo. Outras manifestações sobrenaturais tais como profecia, interpretação de línguas, conversões e curas também aconteceram (Atos 2). Quando Daniel Berg e Gunnar Vingren chegaram a Belém do Pará, em 19 de novembro de 1910, ninguém poderia imaginar que aqueles dois jovens suecos estavam para iniciar um movimento que alteraria profundamente o perfil religioso e até social do Brasil por meio da pregação de Jesus Cristo como o único e suficiente Salvador da Humanidade e a atualidade do Batismo no Espírito Santo e dos dons espirituais. As igrejas existentes na época - Batista de Belém, Presbiteriana, Anglicana e Metodista, ficaram bastante incomodadas com a nova doutrina dos missionários, principalmente por causa de alguns irmãos que se mostravam abertos ao ensino pentecostal. A irmã Celina de Albuquerque, na madrugada do dia 18 de junho de 1911 foi a primeira crente a receber o batismo no Espírito Santo, o que não demorou a ocorrer também com outros irmãos. O clima ficou tenso naquela comunidade, pois um número cada vez maior de membros curiosos visitava a residência de Berg e Vingren, onde realizavam reuniões de oração. Resultado: eles e mais dezenove irmãos acabaram sendo expulsos da Igreja Batista. Convictos e resolvidos a se organizar, fundaram a Missão de Fé Apostólica em 18 de junho de 1911, que mais tarde, em 1918, ficou conhecida como Assembléia de Deus. Em poucas décadas, a Assembléia de Deus, a partir de Belém do Pará, onde nasceu, começou a penetrar em todas as vilas e cidades até alcançar os grandes centros urbanos como São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Porto Alegre. Em virtude de seu fenomenal crescimento, os pentecostais começaram a fazer diferença no cenário religioso brasileiro. De repente, o clero católico despertou para uma possibilidade jamais imaginada: o Brasil poderia vir a tornar-se, no futuro, uma nação protestante. A Assembléia de Deus é uma comunidade protestante, segundo os princípios da Reformada Protestante pregada por Martinho Lutero, no século 16, contra a Igreja Católica. Cremos que qualquer pessoa pode se dirigir diretamente a Deus baseada na morte de Jesus na cruz. Este é um relacionamento pessoal e significativo com Jesus. Embora sejamos menos formais em nossa adoração a Deus do que muitas denominações protestantes, a Assembléia de Deus se identifica com eles na fundamentação bíblica-doutrinária, com exceção da doutrina pentecostal (Hebreus 4.14-16; 6.20; Efésios 2.18). A Assembléia de Deus é uma igreja evangélica pentecostal que prima pela ortodoxia doutrinária. Tendo a Bíblia como a sua única regra de fé e prática, acha-se comprometida com a evangelização do Brasil e do mundo, conformando-se plenamente com as reivindicações da Grande Comissão. A doutrina que distingue as Assembléias de Deus de outras igrejas diz respeito ao batismo no Espírito Santo. As Assembléias de Deus crêem que o batismo no Espírito Santo concede aos crentes vários benefícios como estão registrados no Novo Testamento. Estes incluem poder para testemunhar e servir aos outros; uma dedicação à obra de Deus; um amor mais intenso por Cristo, sua Palavra, e pelos perdidos; e o recebimento de dons espirituais (Atos 1.4,8; 8.15-17). As Assembléias de Deus crêem que quando o Espírito Santo é derramado, ele enche o crente e fala em línguas estranhas como aconteceu com os 120 crentes no Cenáculo, no Dia de Pentecoste. Embora esta convicção pentecostal seja distintiva, a Assembléia de Deus não a tem como mais importante do que as outras doutrinas (Atos 2.4). O seu Credo de Fé realça a salvação pela fé no sacrifício vicário de Cristo, a atualidade do batismo no Espírito Santo e dos dons espirituais e a bendita esperança na segunda vinda do Senhor Jesus. Consciente de sua missão, a Assembléia de Deus não prevalece do fato de ter, segundo algumas estatísticas, em torno de oito milhões de membros. Apesar de sua força e penetração social, optou por agir profética e sacerdotalmente. Se por um lado, protesta contra as iniqüidades sociais, por outro, não pode descurar de suas responsabilidades intercessórias. Sendo uma comunidade de fé, serviço e adoração, a Assembléia de Deus não pode furtar-se às suas obrigações - proclamar o Evangelho de Cristo e promover espiritual, moral e socialmente o povo de Deus. Somente assim, estaremos nos firmando, definitivamente, como agência do Reino de Deus. As Assembléias de Deus não são a única igreja. Deus está usando muitos outros para alcançar o mundo para Ele. Nos cenários brasileiro e mundial somos uma das muitas denominações comprometidas em conduzir crianças, adolescentes, jovens e adultos a Cristo. Nossa oração nas Assembléias de Deus é que sejamos usados por Deus para ajudar os perdidos e propiciar um ambiente onde o Espírito Santo possa realizar sua obra especial na vida dos que crêem. Se você ainda não pertence à uma igreja, queremos lhe convidar a adorar a Deus em Espírito e em verdade, numa de nossas igrejas (João 4.24). Um pouco de História das Assembléias de Deus no Brasil A história da Assembléia de Deus no Brasil tem origem no chamado de dois jovens missionários suecos, Daniel Berg e Gunnar Vingren. Após receberem o batismo com o Espírito Santo ? com evidência de falar em outras línguas ? durante o avivamento em Los Angeles e Chicago no início do século 20, Deus os escolheu para juntos trazerem mensagem pentecostal para o Brasil. O chamado aconteceu de forma sobrenatural: através de uma profecia, foi revelado que os dois deveriam ir ao Pará. Somente após procurar no mapa mundial os dois missionários tomaram conhecimento de que o local ficava no norte do Brasil. Em obediência à chamada divina, Daniel Berg e Gunnar Vingren chegaram a Belém no dia 19 de novembro de 1910. Além da barreira do idioma, os dois missionários sofreram com a falta de recursos financeiros, pois, além de serem pobres, não eram mantidos por nenhuma junta missionária. No início, Berg e Vingren participavam de cultos em igrejas protestantes cantando hinos em sueco. Quando passaram a entender o idioma local, iniciaram a testificar de Jesus, enfatizando a salvação, o batismo com o Espírito Santo, a cura divina e o uso dos dons espirituais. A doutrina pentecostal ministrada com a devida base bíblica foi assimilada por parte dos crentes, mas rejeitada por outros. Seis meses depois da chegada a Belém, Vingren foi convidado para dirigir um culto de oração e falou da necessidade de o crente ser revestido do poder do alto. A maioria dos presentes alegrou-se com a mensagem e outras reuniões de oração foram realizadas em casas de crentes que queriam o batismo no Espírito Santo como uma realidade em suas vidas. No alvorecer do dia 8 de junho de 1911, a irmã Celina Albuquerque, orando em sua casa, juntamente com outros irmãos, teve o privilégio de ser a primeira evangélica brasileira a receber o cumprimento da promessa, falando em línguas, tal qual os primitivos cristãos no dia de Pentecostes. No dia seguinte, a irmã Maria de Nazaré de Araújo foi também batizada com o Espírito Santo. A evidência da mensagem pentecostal levou a direção da Igreja Batista a uma tomada de posição. Em uma reunião extraordinária, foi solicitado que todos os que estivessem de acordo com a nova doutrina se manifestassem. Para surpresa geral, dezenove irmãos ? a maioria, portanto ? levantaram-se. Uns porque já eram batizados com o Espírito Santo, e os outros, porque criam que poderiam receber a promessa. O grupo alinhado ao ensino pentecostal foi ilegalmente excluído pela minoria presente, delineando as bases do movimento pentecostal no solo brasileiro. Os irmãos desligados da Igreja Batista passaram a reunir-se em um salão na Rua Siqueira Mendes, 79, Cidade Velha, residência do irmão Henrique de Albuquerque. Como a glória do Senhor se manifestava naquele lugar, houve a necessidade de organizar o movimento. No dia 18 de junho de 1911, por deliberação unânime, foi fundada a Missão de Fé Apostólica, posteriormente denominada de Assembléia de Deus. Supõe-se que o nome escolhido para a nova denominação esteja ligado às igrejas que na América do Norte professavam a mesma doutrina e foram denominados de Assembléia de Deus ou Igreja Pentecostal. Estabelecida a Assembléia de Deus, os novos convertidos sentiram de imediato o impulso do Espírito Santo, saindo em busca das almas, seguindo os passos de Gunnar Vingren e Daniel Berg. Os resultados, testemunhados com salvação, batismo com o Espírito Santo e também com curas divinas, deram à igreja pentecostal a dimensão que hoje vemos. O rápido crescimento exigiu a consagração de pastores e norteou a expansão ministerial da nova igreja. Em Belém e aonde iam, aceitando a fé e comprovando a chamada divina, os obreiros separados saíam destemidamente anunciando a Palavra de Deus, sob a unção do Espírito Santo. O grande crescimento da obra levou os pastores consagrados a assumirem trabalhos em outras localidades e estados, ampliando as fronteiras da mensagem pentecostal no Brasil. Atualmente o testemunho pentecostal da Igreja Assembléia de Deus está presente em todo o Brasil. Os templos e congregações da igreja são verdadeiras agências do Reino de Deus em qualquer cidade ou lugarejo desta nação, mesmo nos lugares de mais difícil acesso. Através de um início simples, mas sob a bênção de Deus, a mensagem pentecostal chegou ao Brasil através de Belém do Pará, a ?Casa do Pão? de todos os pentecostais brasileiros. Esta mensagem originada nos céus alcançou milhões de pessoas em todo o País, fazendo da Assembléia de Deus a maior igreja evangélica do Brasil, local onde Deus fez e continua a fazer coisas maravilhosas. Pr Daniel Berg e Pr Gunnar Vingren deixaram-se ser usados por Deus, e fizeram história, fundando a maior denominação pentecostal do Brasil e do mundo. Parabens Assembléias de Deus! 1º templo da Assembléia de Deus no Brasil (inaugurado em 08/11/1914) Após uma ampla troca de informações, experiências e idéias, Daniel Berg e Gunnar Vingren descobriram que Deus os estava guiando numa mesma direção, isto é: o Senhor desejava enviá-los com a mensagem do Evangelho a terras distantes, mas nenhum dos dois sabia exatamente para onde seriam enviados. Algum tempo depois, Daniel Berg foi visitar o pastor Vingren em South Bend. Durante aquela visita, quando participavam de uma reunião de oração, o Senhor lhes falou, através de uma mensagem profética, que eles deveriam partir para pregar o Evangelho e as bênçãos do Avivamento Pentecostal. O lugar tinha sido mencionado na profecia: Pará. Nenhum dos presentes conhecia aquela localidade. Após a oração, os dois jovens foram a uma biblioteca à procura de um mapa que lhes indicasse onde o Pará estava localizado. Foi quando descobriram que se tratava de um estado do Norte do Brasil”. (História das Assembléias de Deus, Emílio Conde - CPAD) 2º templo da Assembléia de Deus em Belém No início do século XX, apesar da presença de imigrantes alemães e suíços de origem protestante e do valoroso trabalho de missionários de igrejas evangélicas tradicionais, nosso país era ainda quase que totalmente católico. A origem das Assembléias de Deus no Brasil está no fogo do reavivamento que varreu o mundo por volta de 1900, início do século 20, especialmente na América do Norte. Os participantes desse reavivamento foram cheios do Espírito Santo da mesma forma que os discípulos e os seguidores de Jesus durante a Festa Judaica do Pentecostes, no início da Igreja Primitiva (Atos cap. 2). Assim, eles foram chamados de “pentecostais”. Exatamente como os crentes que estavam no Cenáculo, os precursores do reavivamento do século 20 falaram em outras línguas que não as suas originais quando receberam o batismo no Espírito Santo. Outras manifestações sobrenaturais tais como profecia, interpretação de línguas, conversões e curas também aconteceram (Atos cap. 2). Quando Daniel Berg e Gunnar Vingren, chegaram a Belém do Pará, em 19 de novembro de 1910, ninguém poderia imaginar que aqueles dois jovens suecos estavam para iniciar um movimento que alteraria profundamente o perfil religioso e até social do Brasil por meio da pregação de Jesus Cristo como o único e suficiente Salvador da Humanidade e a atualidade do Batismo no Espírito Santo e dos dons espirituais. As igrejas existentes na época – Batista de Belém do Pará, Presbiteriana, Anglicana e Metodista, ficaram bastante incomodadas com a nova doutrina dos missionários, principalmente por causa de alguns irmãos que se mostravam abertos ao ensino pentecostal. A irmã Celina de Albuquerque, na madrugada do dia 18 de junho de 1911 foi a primeira crente a receber o batismo no Espírito Santo, o que não demorou a ocorrer também com outros irmãos. O clima ficou tenso naquela comunidade, pois um número cada vez maior de membros curiosos visitava a residência de Berg e Vingren, onde realizavam reuniões de oração. Resultado: eles e mais dezenove irmãos acabaram sendo desligados da Igreja Batista. Convictos e resolvidos a se organizar, fundaram a Missão de Fé Apostólica em 18 de junho de 1911, que mais tarde, em 1918, ficou conhecida como Assembléia de Deus. Em poucas décadas, a Assembléia de Deus, a partir de Belém do Pará, onde nasceu, começou a penetrar em todas as vilas e cidades até alcançar os grandes centros urbanos como São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Porto Alegre. Em virtude de seu fenomenal crescimento, os pentecostais começaram a fazer diferença no cenário religioso brasileiro. De repente, o clero católico despertou para uma possibilidade jamais imaginada: o Brasil poderia vir a tornar-se, no futuro, uma nação protestante.

20 comentários:

  1. Linda história da fundação da Assembleia de Deus... O lamentável é que em Recife a denominação acima citada é muito rigorosa e fica separada do restante do brasil...
    Lamentável!!!

    ResponderExcluir
  2. Sou pesquisador da net, Saiba o real significado do RA-TIM-BUM em nosso site

    http://www.assembleiabelem.br22.com/word/forum1.html

    Saiba alguns significado de algumas palavras em nosso blog, aprenda para ensinar

    Aproveite e Acesse nosso site

    www.assembleiabelem.br22.com

    ResponderExcluir
  3. Uma linda história destes dois servos do "Senhor" bom seria se todos nós tivessemos esta disponibilidade de levarmos a mensagem aos corações nessecitados...

    ResponderExcluir
  4. agradeço a Deus por fazer parte deste lindo ministerio pentecostal

    ResponderExcluir
  5. agradeço a Deus por fazer parte deste ministerio lindo e pentecostal.

    ResponderExcluir
  6. Ola irmãos em Cristo Jesus estou criando um novo blog e queria que vcs me dessem sugestões do que postar, falar, escrever etc...
    Desde já obrigado.
    A paz do nosso senhor Jesus Cristo sejam com todos nós. Amém

    ResponderExcluir
  7. a paz do senhor.goste muito dos assuntos desse blog.
    vcs podm me ajudar a fazer o meu??
    http://envangelicoassdedeus.blogspot.com
    de suas opinioes

    ResponderExcluir
  8. http://envangelicoassdedeus.blogspot.com
    gostei das materias desse blog queria que vcs me ajudasem a construir o meu de suas opinioes

    ResponderExcluir
  9. Aproveita da uma olhadinha no meu sumikaejesus.blogspot.com/ e deixa sua opinião fkem na paz

    ResponderExcluir
  10. SOU HOJE DA IGREJA DO EVANGELHO QUADRANGULAR, POREM COMECEI NESTA IGREJA FENOMENAL QUE A CADA DIA DEUS DERRAME O SEU PODER SOBRE O SEU POVO E DESTA IGREJA, FICAMOS MUITO FELIZ EM VELA CRESCER DIA A DIA PARABÉNS.....

    ResponderExcluir
  11. Pergunta.
    Jesus está vivo de corpo, alma e Divindade?
    se ele está vivo,seu sangue derramado na cruz ainda corre em suas veias?
    Seu sangue tem poder?
    Jesus foi criado ou gerado?
    se foi gerado o sangue veio de Maria?
    então o sangue dela também tem poder? é o mesmo sangue? E é só o dela q corre nas veias de Jesus?
    se Maria teve outros filho , todos tem a sangue de Jesus?
    Qual o nome dos outros filhos de Maria?
    Jesus é o cristo desde o anuncio do anjo, ou depois que nasceu?

    Pois se ele é Cristo desde o anuncio,seu sangue é o mesmo de Maria,e só dela e do espirito santo, Ele é o enviado Ela a escolhida.
    Acho que ela ñ poderia ter tido outros filhos.
    Quem seria diguino de abitar o mesmo ventre?, cadê esses privilegiados? cadê seus herdeiros?
    Preciso de respostas concretas porfavor.

    ResponderExcluir
  12. Primeiramente procure Jesus dentro de você, que suas perguntas serão facilmente respondidas por ele. Deus te abençõe.

    ResponderExcluir
  13. Vocês são todos uns loucos que pensam que vive a palavra de Deus, mais na verdade a sua doutrina veio de um herege revoltado que no final de sua loucura se arrepende do que fez.

    Então enquanto sua igrejinha faz 100 anos e fundada por loucos sem noção das marvilhas de Deus a minha foi fundada a 2012 anos e fundada por aquele que morreu n a cruz e ao 3º ressucitou .
    Valeu seus bandos de loucos alienados !!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  14. A verdade sobre a origem da igreja assembleia de Deus começo com o Pastor Charles Fox Parham: O Pastor Charles Fox Parham é tido merecidamente, como o fundador do pentecostalismo. Foi ele o fundador das "Assemblies of God", que aqui no Brasil, tomou o nome de "Assembléias de Deus". Atualmente e desde muitos anos, a maior denominação protestante aqui. O Pastor Charles Fox Parham, dizia receber os dons do espírito santo. Falava "em línguas", pregava muito. Desde a adolescência, era Pastor. Na verdade, ele foi o primeiro Pastor pentecostal verdadeiro do mundo. Religião à parte, Parham era racista declarado e militante. Odiava negros e tudo o que não fosse da suprema raça ariana. Pertencia à KKK (Ku Klux Klan), desde tenra idade. Em 1910, enquanto fundava o pentecostalismo, tinha lugar de destaque na Ku Klux Klan. Este Pastor, foi preso após ter violentado sexualmente um garoto. Como era poderoso, na KKK, soltaram-no logo. Numa hora, bradava no púlpito contra a imoralidade. Noutra, praticava sodomia. Enquanto isto, milhões acreditavam em suas pregações. O Pastor Parham acreditava e pregava, que a cura milagrosa de doenças era um direito natural dos seguidores da palavra de Deus. Infelizmente, para ele e muitos que o cercavam, a História mostraria uma outra coisa. A edição 58, volume XVII, Nº 2, ano de 1998, da revista Christian History, mostra uma foto de 1906. Nela, aparece uma foto do Pastor Parham , com sete seguidores, todos estavam nas escadarias do fórum de Carthage, Missouri.O próprio Pastor Parham, estava segurando uma placa, que dizia: "Apostolic Unity". Os seus seguidores, seguravam faixas que tem escrito: "Life", "HEALTH",etc. Ou seja: Publicamente Parham , mostrava a sua crença de que seguir "a Jesus", lhes daria saúde e proteção contra doenças. O Pastor Parham, pregava publicamente que se deveria evitar se consultar com médicos e evitar crer em qualquer benefício da Medicina. Que todos deviam ao invés disto, crer que o poder de Deus/Jesus/ES os curaria. Bem , um dos filhos de Parham, pegou uma doença e morreu. Tinha apenas 16 anos. Um outro filho de Parham, morreu também de doença com 37 anos. Os doentes genuínos que iam aos cultos do Pastor Parham, nunca ficavam curados.Um ávido seguidor do Pastor Parham, tinha uma filha, com apenas 9 anos, chamada Nettie Smith. Esta menina, ficou doente. O pai, recusou tratar a doença da filha. Esperava a cura milagrosa. Ao invés disto, a criança morreu. Este fato, fez muitos se voltarem contra Parham, pois a doença era tratável com a limitada Medicina disponível em 1904. Quanto ao Pastor Parham, ele mesmo sofreu muitas doenças e não raro, estava doente demais para pregar ou viajar. De dezembro de 1904 até fevereiro de 1905, ele esteve acamado e doente(ver o livro "Fields White Unto Harvest, página 94, autor:James Goff Jr.).O Pastor Parham, foi também o primeiro pregador pentecostal a orar sobre um lenço e vender lenços idênticos, pelo correio. A um alto preço, evidentemente(Mesmo livro e autor citado acima, página 104). Suas pregações/patifarias, não pararam aí. Em 1908, o Pastor Parham, passou a pregar que tinha como achar a "Arca da Aliança" bíblica. Ele declarou a jornais, que para achar a arca perdida, tinha que ter dinheiro para ir até a Palestina. Em tempos pré-jato, uma viagem a Palestina, era muito cara. Bem, os fiéis deram a quantia necessária para a viagem, tudo arrancado dos pobres salários. Parham nunca viajou até a Palestina. Ele simplesmente embolsou a grana para a viagem e inventou que havia sido roubado em New York. Os fiéis acreditaram em mais esta farsa.

    ResponderExcluir
  15. Um crescimento significante! Aqui irá aparecer muitos elogios e críticas só que o mas importante é salvar almas, cada Igreja tem seu jeito diferente de ser, não devemos criticar nenhuma delas, desde que a mesma pregue a palavra e creia em Jesus como único e suficiente Salvador.... Único Deus a quem deve ser adorado!!! *___* Deus abençoe Irmãos...

    ResponderExcluir
  16. Pena a assmbleia de Deus ter sido fundada por um racista kkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  17. Receberam o Espírito Santo, e o que seria Espírito Santo? Falaram em línguas diferentes? Manifestações sobrenaturais? Interpretações de línguas? que coisa estranha para pessoas que vivem dizendo que essas praticas são demoníacas. Agora se essas coisas fossem contadas por alguns espiritas ai sairiam os certinhos de Deus falando que essas eram práticas do capetas e coisa e tal! HIPÓCRITAS!!!

    ResponderExcluir
  18. Agradeço a Deus por fazer parte desse lindo ministério da Assembleia de Deus fundada por esses homens valorosos em que Deus levantou na obra missionária aqui em nossa nação, glória Deus.

    ResponderExcluir

Deixe um comentário